Lê Almeida - Querida Deal (2008)

Formado em estética lo-fi e criado sob a cultura faça-você-mesmo, Lê Almeida cria e grava músicas em seu (quarto) estúdio: Interestellar lo-fi. Tudo é gravado por ele mesmo, com participações de amigos, que ao vivo formam uma banda composta por membros de bandas das redondezas. Adepto de uma visão retrô da música com grande afeição pelas girl-groups dos anos 60, Lê Almeida destoa (bem pouquinho) dos padrôes vigentes nas bandas independentes. se concentra em tratar música como um artesanato sonoro e com espirito lo-fi em alta importância de acordo com necessidade.

Em setembro de 2008, lança o compacto Querida Deal. Anos 90, garotas, dias de sol e festinhas de roque embalam a cabeça quase totalmente cheia de referências. No destaque, como persona cool e talvez até Miss Simpatia, está a já senhora Kim Deal, praticamente uma artesã de lindíssimas e eternas melodias.

Como uma singela referência, um compacto em sua homenagem: com 4 faixas que juntas não somam nem 5 minutos. Pequenos roques e talvez algum agito, tudo formatado em uma pura estética simples e com capa em coloração monocromática e retrô, já que o termo compacto não anda sendo muito usado. Compacto serve mesmo é para definir os disquinhos em vinil 7″.

Todas as 4 faixas foram gravadas por tocando todos os instrumentos no estúdio/quarto Interestellar Lo-fi. De referência e influência, além de Breeders, Amps e Pixies (lógico); Robert Pollard, TullyCraft, Free Kitten e Second Come.

Roque de guitarra, power pop de garagem e psicodelismo lo-fi são os melhores termos definidores para a sonoridade!!!

Lê Almeida | Querida Deal [compacto] | 2008

1. Lê Almeida - Querida Deal [mp3]
2. Lê Almeida - Valeu Apena [mp3]
3. Lê Almeida - Te Odeio [mp3]
4. Lê Almeida - Trocando as Estações [mp3]

Download faixa-a-faixa via midsummer madness ou completo via mediafire.

Baixe a capa | Compre o CD

Créditos e agradecimentos: mmrecords e transfusaonoiserecords

MySpace: www.myspace.com/lealmeida

Mais Informações e Compras no BuscaPé.

Um comentário:

Dig disse...

Ducaralho, e fica a sensação que foi bom o suficiente porque não precisa mais nada do que alguns segundos de boa música pra mudar seu dia.